Obesidade, Sedentarismo e a relação com o câncer de mama

Obesidade, Sedentarismo e a relação com o câncer de mama

O risco de câncer de mama aumenta com a idade na população feminina, mas outras variáveis podem causar a doença. Entre elas, a obesidade e o sedentarismo, segundo a médica Ana Ramalho, chefe da Divisão de Ações de Detecção Precoce do Instituto Nacional de Câncer (Inca).

Para prevenir a doença, alertou a médica, as brasileiras devem ter uma alimentação balanceada e atividade física. "A alimentação pode reduzir em até 30% o número de casos de câncer", explicou. Evitar a obesidade e a reposição hormonal sem acompanhamento médico são outras recomendações dadas pela especialista.

As mulheres com filhos devem também manter uma amamentação mais prolongada para diminuir o risco de câncer de mama. A amamentação no peito deve ser exclusiva até os 6 meses de idade do bebê, estendendo-se até os 2 anos, conjugada à alimentação normal.

Faça hoje a diferença, vá até uma unidade básica de saúde (Santo André) e pergunte sobre o programa "Caminhando para Saúde". Lembre-se que sua saúde depende da sua atitude.

Fonte: Leonardo Pavanelli - Educador Físico (Programa Caminhando para Saúde)